Setembro Amarelo: o que cabe ao SUAS?


Reconhecendo o dia Mundial de Prevenção ao suicídio que ocorre a cada 10 de setembro, a Campanha do Setembro Amarelo criada no Brasil em 2015 pela Centro de Valorização da Vida - CVV - conjuntamente com o Conselho Federal de Medicina - CFM e com a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, propõe atividades ao…

“Sextas” de Afetos


Texto* epígrafe para registrar meus agradecimentos por tantos encontros que me impulsionaram a lidar e a viver nesses mais de 100 dias de pandemia. POÇO DE AFETOS Sinto-me: Afetada por ver todo mundo remando sem querer parar para reconhecer e consertar esse barco furado e que já está afundando. Impotente por ver quantos não pegaram…

Perspectivas teóricas e práticas participativas para a assistência social após a pandemia


Por Rozana Fonseca e Joari Carvalho Situações de calamidades públicas requerem ações emergenciais de cobertura imediatas correspondentes e proporcionais ao efeito da ameaça como forma de redução desastres com seus danos e prejuízos. A assistência social prevê estrategicamente benefícios eventuais em calamidades como parte dessas respostas nas primeiras ações, como o direito uma proteção social da(o) cidadã(o) e…

O preço social da pandemia para a população negra e a periferia – Sextas Básicas #8


Por Rozana Fonseca e Joari Carvalho Para a edição #8 do Sextas Básicas - encontros on-line do Blog Psicologia no SUAS, elegemos o tema O preço social da pandemia para a população negra e a periferia com o propósito de construir um debate sobre estes dois assuntos uma vez que a população negra e os moradores das periferias…

Desafios para a política de Assistência Social frente a pandemia – Covid-19*


A Psicologia na Política de Assistência Social[i] A psicologia está inserida na política de assistência social desde as mobilizações e elaborações iniciais dos marcos legais da Assistência Social. Antes do SUAS, os serviços de Ação Social contavam com a presença de psicólogas (os) nos serviços. Eles eram organizados por nichos, a partir das problemáticas e…

Velhas práticas no SUAS: uma crítica a partir da divulgação dos fazeres nas redes sociais


Compilado e revisão dos textos da série O que é o CRAS segundo o Facebook – originalmente publicado em cinco partes em 2015.  Para ler os Posts separadamente, clique nos links: O que é o CRAS segundo o Facebook – PARTE I O que é o CRAS segundo o Facebook – PARTE II Oficinas no SCFVGrupo da melhor idade?…

Trabalhadora/o do SUAS tem como “missão” empoderar as pessoas?


Ninguém empodera ninguém. Esta afirmativa pode ser considerada uma paráfrase ao postulado por Paulo Freire na obra Pedagogia do oprimido “Ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo”. Pág.78  Não vejo outra maneira de começar a falar de empoderamento sem trazer para a roda Paulo Freire.…

A Psicologia no CREAS: os desafios da mudança de um paradigma


Por Lívia de Paula* A questão da prática da (o) psicóloga (o) no SUAS, embora seja um assunto no qual já observamos muitos avanços, ainda causa dúvidas, inquietações e angústias para as (os) profissionais que atuam na Política de Assistência Social. Sobre esse tema, Rozana Fonseca escreveu dois textos riquíssimos há pouco tempo aqui no…

%d blogueiros gostam disto: