Quando a provisão de Benefícios eventuais funciona como inclusão perversa


Com o aumento das demandas por BE e sobretudo, pelo modo como os municípios estão agindo frente a este cenário escancarado pela pandemia, parece inadiável um grande debate e reordenamento nacional sobre a concepção e a lógica de provisão de Benefícios Eventuais, bem como sobre a efetivação da integralidade da rede socioassistencial e acerca de…

Benefício eventual e Assistência Social – Livro


Apresentação do livro: Benefício Eventual e Assistência Social: uma emergência - uma proteção social? autora Gisele Bovolenta (2017) Há, portanto, um conjunto de ações a ser desenvolvido que compreende a alimentação de modo mais alargado, o que contribui para a defesa deste livro de que não é dever da assistência social a concessão de cesta…

Provisão de benefícios eventuais: análise da demanda de cesta básica no SUAS


Rozana Maria da Fonseca¹ Há bastante tempo ensaio a escrita de um texto, almejando ser capaz de dialogar com as/os profissionais do SUAS de diferentes formações e funções, abordando os benefícios que compõem a rede socioassistencial. Contudo, ao ler alguns artigos, leis municipais, notas técnicas/orientação e principalmente as dúvidas que me chegam por e-mail, Blog…

Precisamos falar sobre a cesta básica


Por Tatiana Roberta Borges Martins[1] A cesta básica de alimentos é uma velha conhecida da política de assistência social, ela existe desde as primeiras formas de prestação de auxílio à população e observo que, pelo menos entre as/os assistentes sociais, existe uma relação espinhosa com esta provisão, talvez pelo reducionismo do senso comum, que classifica a…

%d blogueiros gostam disto: